Dados do município/localização

Fundação:
Emancipação Política:
Gentílico:
Unidade Federatíva:
Mesoregião: SERTÃO CENTRAL
Microregião:
Distância para a capital: 203,00

Dados de características geográficas

Área: 3.275.838,00
População estimada: 75565
Densidade: 2.307,00
Altitude 191
Clima: semi-árido
Fuso Horário:

Origem

A região onde hoje se acha confinado o município era habitada pelos índios canindés e quixarás. Os primeiros colonizadores que penetraram aquelas terras vieram do Jaguaribe, seguindo o rio Banabuiú. No começo do século XXVIII, o capitão-mor Francisco Gil Ribeiro, governador da Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, concedeu as primeiras sesmarias às margens do rio lbu, nome pelo qual era conhecido dos indígenas o atual rio Quixeramobim. O vocábulo Quixeramobim adveio de uma serra localizada ao norte da cidade e atualmente tem a denominação de Santa Maria.

História

Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Quixeramobim por Provisão de 15-11-1755. Elevado à categoria de vila com a denominação de Quixeramobim por Ordem Régia de 22-07-1766. Instalado em 13-06-1789. Elevado à categoria de cidade com a denominação de Quixeramobim, pela Lei Provincial n.º 770, de 14-08-1856. Pelo Ato de 08-11-1910 é criado o distrito de São João e anexado ao município de Quixeramobim. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído de 2 distritos: Quixeramobim e São João. Por Ato Estadual de 14-09-1912 é criado o distrito de Uruquê e anexado ao município de Quixeramobim. Pelo Decreto Estadual n.º 1.156, de 04-12-1933, foram criados os distritos de Boa Viagem, Canafístula, Madalena e Olinda. Sob o mesmo decreto, o distrito de Uruquê passou a denominar-se Francisco Sá. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município aparece constituído de 9 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Boa Viagem, Canafistula, Madalena, Olinda, São Francisco Sá e São João. A Lei Estadual n.º 260, de 28-12-1936, desmembra do município de Quixeramobim os distritos de Boa Viagem e Olinda, para constituírem o novo município de Boa Viagem. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 9 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Belém Quirim, Canafistula, Francisco Sá, Madalena, São João e São José de Castro. Pelo Decreto Estadual n.º 448, de 20-12-1938, o distrito de São José de Castro passou denominar-se simplesmente Castro, Canafistula tomou o nome Pirabibu, Francisco Sá voltou a chamar-se Uruquê e São João teve o topônimo alterado para Lacerda. Sob o mesmo Decreto é extinto o distrito Belém Quirim, sendo seu território anexado ao distrito sede de Quixeramobim. No quadro fixado para vigorar no período de 1939 a 1943 o município é constituído de 8 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Castro, Lacerda, Madalena, Pirabibu e Uruquê. Pelo Decreto-lei Estadual n.º 1.114, de 30-12-1943, o distrito de Belém passou a denominar-se Itatira, Algodão passou a denominar-se Manituba e Castro passou denominar-se Macaoca. No quadro fixado para vigorar no período de 1944 a 1948 o município é constituído de 8 distritos: Quixeramobim, Itatira, Lacerda, Macaoca, Madalena, Manituba, Paraibu e Uruquê. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Pela Lei Estadual n.º 2.153, de 22-11-1951, é criado o distrito de Passagem e anexado ao município de Quixeramobim. Pela Lei Estadual n.º 2.158, de 09-12-1953, foram criados os distritos de Encantado e São Miguel ,ambos com terras desmembrados do distrito de Lacerda, e anexados ao município de Quixeramobim. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 10 distritos: Encantado, Lacerda, Macaoca, Madalena, Manituba, Parabibu, Passagem, São Miguel e Uruquê. A Lei Estadual n.º 1.1274, de 23-12-1986, desmembra do município de Quixeramobim os distritos de Madalena, Macaoca, para constituírem o novo município de Madalena. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988. Pela Lei Municipal n.º 1.469, de 26-04-1990, é criado o distrito de Nenelândia e anexado ao município de Quixeramobim. Pela Lei Municipal n.º 1.475, de 05-06-1990, é criado o distrito de Belém e anexado ao município de Quixeramobim. Em divisão territorial datada de 1993 o município é constituído de 10 distritos: Quixeramobim, Belém, Encantado, Lacerda, Manituba, Nenelândia, Passagem, Pirabibu, São Miguel e Uruquê. Pela Lei Municipal n.º 1.568, de 28-03-1994, o distrito de Pirabibu passou a denominar-se Damião Carneiro. Em divisão territorial datada de 1995 o município é constituído de 10 distritos: Quixeramobim, Belém, Encantado, Lacerda, Manituba, Nenelândia, Passagem, Damião Carneiro, São Miguel e Uruquê. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014. Fonte Quixeramobim (CE). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1959. v. 16. p. 455-460. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_16.pdf. Acesso em: ago. 2015.

Cultura

Fausto Nilo Costa Júnior (Quixeramobim, 5 de abril de 1944) é um compositor, arquiteto e poeta brasileiro. Deixou a cidade natal aos onze anos de idade e foi para a capital, Fortaleza, onde viria a se formar em Arquitetura, na Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Ceará. Junto com Antonio Carlos Aires Medina. Em 1971 mudou-se para Brasília e depois São Paulo e Rio de Janeiro. Gravou o primeiro grande sucesso, Fim do mundo, em 1972. É considerado até hoje, ao lado de Paulo César Pinheiro, Ivan Lins, Vítor Martins, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Jobim, Roberto & Erasmo Carlos Vinícius de Moraes, Chico Buarque e Noel Rosa, um dos compositores com maior número de composições, cerca de 400 sucessos. SKOLASTICA É SUCESSO EM TODO O BRASIL! O Ceará é um dos maiores berços do humor brasileiro. Nessa terra de nomes famosos e já consagrados, temos outros conhecidos ainda nacionalmente, que começaram a fazer sucesso na região onde começaram atuando, tenso sempre demonstrando que iriam ascender breve, e aconteceu com SKOLÁSTICA. Nascido em QUIXERAMOBIM, centro geográfico do Ceará, o ator comediante, ANTONIO FERNANDES, desde a época de sua adolescência, já divertia seus colegas de colégio, assim como participava do teatro que geralmente ocorrem nas escolas primarias do interior. Veio para Fortaleza, em 1975, onde teve aulas de teatro, canto e impostação de voz. Tornou-se profissional do riso desde 1992, quando venceu por unanimidade o PRIMEIRO FESTIVAL DE HUMOR “A GRANDE CHANCE” realizado no SHOPPING ALDEOTA. Mestre Pauí Em Quixeramobim, se você perguntar se alguém conhece o senhor Antonio Batista da Silva, provavelmente você ouvirá uma resposta negativa. Agora, se você perguntar pelo Mestre Piauí, com certeza muitos saberão lhe dizer de quem se trata, ou pelo menos que já ouviram falar sobre ele. O carismático Mestre Piauí é uma das figuras marcantes da história de Quixeramobim. Com toda a sua luta para manter a cultura do reisado, Piauí nos conta que ao longo de 65 anos à frente do grupo, o caminho até aqui nunca foi fácil. A cultura herdada de família Com 65 anos vivenciando a cultura do reisado, o Mestre conta que essa inspiração surgiu ao acompanhar outros grupos. O primeiro boi de reisado de Quixeramobim tinha como mestre um senhor chamado Antonio da Maria Guida. Piauí, À época com doze anos, acompanhava algumas apresentações dele, o que despertou seu interesse pelo reisado.

Divisão Política

Curiosidades

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito